EU PRECISO DE AJUDA!

Eu preciso de ajuda! Foi com esta afirmação que conclui uma conversa com o meu superior. Após alguns anos de ministério, potencializei vários comportamentos destrutivos que me levaram ao fundo do poço.  Era o mês de abril, no finalzinho da noite, um assalto me obrigou a sair de cena e no pedido de ajuda, uma mão aberta me conduziu ao monte para começar uma nova etapa da minha vida.

Foi na Comunidade Vida Nova que encontrei ajuda de profissionais e do programa de Neuróticos Anônimos. Cheguei assustado, meio sem jeito, e com um pensamento e comportamento bem característico do doente emocional: a negação. Eu doente emocional? Com algum problema? – Não! Eu estou bem, apenas com um pouco de dor no corpo, não sou um doente emocional. Eu, um Neurótico? Não, está tudo bem comigo. Talvez eu esteja assim por que trabalho e corro muito, vivo para ajudar e fazer o bem aos outros. Responder ás perguntas e negar foi fácil. Difícil foi dar conta no momento do que se passava dentro de mim.  

A Neurose é uma reação exagerada do sistema emocional em relação a uma experiência vivida (Reação Vivencial). No meu caso ela esta associada ao meu comportamento ansioso e compulsivo. A minha maneira de viver estava sempre em excesso. Excesso de trabalho, presentes, ajuda aos outros, compras, relacionamentos afetivos, ansiedade, medo, frustração, obsessões e Compulsões.

A mente estava fervilhando. A ansiedade e os pensamentos compulsivos obsessivos dominando toda a corrente sanguínea. Passou quase um mês para que eu pudesse entender que precisava de fato dar o primeiro passo de verdade, sem fugir e sem tentar me enganar mais uma vez. Com honestidade admiti a minha impotência perante a minha doença emocional e que sou um neurótico.

Compreendi que sozinho não conseguiria recuperar a minha sobriedade emocional. A ajuda que tanto pedi, chegou e agora precisei confiar, ter fé e me colocar em ação. Foi no trabalho diário, vivendo a programação oferecida pela comunidade Vida Nova: terapia em grupo, terapia individual, estudos, espiritualidade, laborterapia, mente aberta, boa vontade, honestidade e com a ajuda do programa de N.A e da programação da Comunidade Vida Nova recuperei a minha saúde emocional. Buscando viver um dia de cada vez.

Hoje sou grato a Deus, ao meu superior, a Comunidade Vida Nova e todos os companheiros da Irmandade de N.A que muito contribuíram para a minha recuperação. Reconhecer e admitir o próprio fracasso é uma tarefa árdua e que exige acima de tudo humildade para entregar a própria vontade aos cuidados de alguém que pode me ajudar. Quem poderá me ajudar? Somente Deus na forma que eu O concebo é capaz de me ajudar, se assim eu o deixar. Obrigado por me ajudarem a reconhecer novamente a força  restauradora do Poder Superior agindo em minha vida por meio do programa oferecido pela Comunidade Vida Nova.

(Autor Anônimo)

Associação Comunidade Vida Nova
Há 30 anos nasceu Comunidade Vida Nova com o objetivo de salvar vidas. Nestes longos anos, já passaram por esta casa que é chamada “O Santuário da Sobriedade” centenas de Padres diocesanos, religiosos, religiosas, irmãos consagrados e leigos indicados por
R. Des. Octávio do Amaral, 1929 - Mercês - Curitiba / PR - CEP: 80710-620 (41) 3335.8991