O ARTISTA QUE ME FEZ!

Uma vez me fiz a pergunta: Agradecer a Deus de que? Por quê? Se sou perfeito, não sinto nada a me atrapalhar? Daí me questionei: Por que sou perfeito? Não seria porque quem me teceu no ventre materno se esmerou na moldura? Se nada sinto para atrapalhar, não seria porque alguém me guia os passos? Então me veio a resposta: Sou dependente de tudo, nunca vi meus órgãos, e eles desempenham sua função sem que eu os auxilie desta, ou daquela maneira. Meu coração começou a funcionar ainda dentro do ventre de minha mãe, e nunca parou em momento algum, e eu, às vezes, o sobrecarregava com bebedeiras, na época da ativa, e ainda o sobrecarrego com preocupações fúteis, excessos, noitadas insones, irritações, e coisas fora da realidade. Meu fígado, meus rins já suportaram tanta sobrecarga causada pela ingestão de álcool, e produtos de difícil digestão, causando transtorno também no aparelho digestório. Cheguei a conclusão que há uma força invisível que orienta tudo o que faço, e essa força é Deus, pois foi Ele que me levou ao tratamento, e graças a Ele, nenhuma sequela ficou dos meus excessos alcoólicos, e lhe sou agradecido por isso. Após chegar a essa conclusão comecei a agradecer essa manifestação de carinho, todas as noites antes de dormir. Agora mesmo, no momento que manejo as teclas para escrever esse texto, agradeço, pois o movimento do meu cérebro que pensa, de minha mão que manipula o teclado só é possível, porque essa força está atuando, e está permitindo que a manifestação da vida se ocupe também de mim, da manifestação do agradecimento por tanta graça recebida. Após reconhecer a minha dependência de tudo, Vos agradeço como obra Vossa, o esmero do Artista que com tanto carinho me fez assim como sou. Obrigado Senhor por tudo! Já agradeceste pelo dom da vida hoje? Faça isso! Abraços de Pe. Aurélio.

Associação Comunidade Vida Nova
Há 30 anos nasceu Comunidade Vida Nova com o objetivo de salvar vidas. Nestes longos anos, já passaram por esta casa que é chamada “O Santuário da Sobriedade” centenas de Padres diocesanos, religiosos, religiosas, irmãos consagrados e leigos indicados por
R. Des. Octávio do Amaral, 1929 - Mercês - Curitiba / PR - CEP: 80710-620 (41) 3335.8991